Bituruna já contabiliza queda de R$ 2 milhões na arrecadação em 2020

06 de maio de 2020Texto: Comunicação PMBSecretaria de Administração, Finanças e Planejamento

A estiagem vem causando forte queda na arrecadação do Município de Bituruna. A pouca quantidade de chuvas registrada nos últimos meses vem causando uma perca significativa no repasse da Compensação Financeira pela Utilização de Recursos Hídricos (CFURH), conhecido como royalties, relativo à Usina Hidrelétrica Bento Munhoz da Rocha (Foz do Areia) e Usina Hidrelétrica Governador Ney Braga (Salto Segredo). Só no primeiro quadrimestre (de janeiro até abril) a queda foi de 56% no comparativo com o mesmo período do ano anterior. Isso representa R$ 1.583.902,91.

Além disso, a Secretaria de Administração, Finanças e Planejamento, levantou os dados de outras duas fontes de recursos. Comparando janeiro e fevereiro a março e abril de 2020, o ICMS e o FPM (Fundo de Participação dos Municípios) somam juntos uma queda de R$ 453.179,29. Isso já é reflexo dos prejuízos ocasionados pela pandemia do Coronavírus (COVID-19). A Prefeitura de Bituruna já contabiliza uma queda de mais de R$ 2 milhões e aguarda a sansão do Governo Federal relativo ao auxílio financeiro aos entes federados no valor de R$ 1.916.000,00, que não supre totalmente as quedas registradas, mas que colabora para que o município de Bituruna honre seus compromissos financeiros. Após sansão presidencial, o valor será repassado em quatro parcelas.  


 
Compartilhe:

Prefeitura Municipal de Bituruna 2020. Todos os Direitos Reservados.