Gestão de resíduos sólidos realizada em Bituruna é exemplo para o Paraná

30 de outubro de 2019Texto: Comunicação PMBSecretaria de Agricultura e Meio Ambiente

Na última semana, aconteceu em Curitiba a audiência pública “Lixo Zero: Compostagem”, promovida na Assembleia Legislativa do Paraná (Alep). Foi debatido sobre a importância da compostagem para o meio ambiente e formas de reduzir a produção de lixo, aliando o trabalho do poder público e população. O evento reuniu técnicos do Paraná, São Paulo e Santa Catarina e o diretor de Meio Ambiente de Bituruna, Fábio Cró, apresentou o que está sendo desenvolvido no município.

Exemplo para o Paraná, o programa biturunense Jogando Limpo integra as ações da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente. “O projeto é simples, de baixo custo e conta com participação da população e da Associação de Catadores de Recicláveis São João. O lixo seco e úmido é separado nas casas e a coleta é feita diariamente. O lixo seco é separado e vendido para reciclagem e o úmido passa por uma triagem, onde o lixo orgânico é transformado em composto orgânico [adubo] e o rejeito é enviado para o aterro”, explica. Contudo, o Jogando Limpo vai além da separação dos resíduos, ele também é uma forma de gerar renda às famílias associadas e visa promover a conscientização ambiental da população afim de transformar Bituruna numa cidade sustentável e ambientalmente correta.

Diversas autoridades estaduais colaboram com as discussões propostas na audiência, como a diretora de Políticas Ambientais da Secretaria de Desenvolvimento Sustentável e do Turismo do Governo do Paraná (Sedest), Fabiana Campos, o propositor do evento, deputado Goura, outros deputados, vereadores de Curitiba, Florianópolis, representantes do Ministério Público, professores, entre outros.


 
Compartilhe:

Prefeitura Municipal de Bituruna 2019. Todos os Direitos Reservados.