Políticas públicas promovem melhoria da qualidade de vida da comunidade fibromiálgica em Bituruna

21 de maio de 2019Texto: Comunicação PMBSecretaria de Saúde e Saneamento

A Fundação Municipal de Saúde realizou na última semana o Dia D da Fibromialgia. Diversos portadores dessa síndrome reuniram-se na unidade de saúde Líbera Rossoni para participar do evento. A iniciativa surgiu após a aprovação por unanimidade, por parte da Câmara de Vereadores, da Lei n° 2052/2019, e a sansão pelo Poder Executivo, que instituiu o Dia da Fibromialgia (12 de maio) no município.

O vice-prefeito de Bituruna e secretário de Saúde, Rodrigo Marcante, realizou a abertura do evento e destacou algumas ações que serão realizadas pelo poder público. “Vamos promover a capacitação dos servidores para melhorar o atendimento dos pacientes e verificar a possibilidade da criação de novos grupos de atividades físicas adequadas junto com a Secretaria de Esportes”, adianta. Bituruna é um dos 19 municípios paranaenses que possuem políticas públicas referente à fibromialgia.

O pedido para dar uma atenção especial a síndrome partiu da comunidade. A representante do grupo Fernanda Katschor conta que será montada uma associação com todos os pacientes, familiares e interessados em participar. “Outra solicitação que pedimos é a criação da carteirinha do fibromiálgico, para facilitar o acesso ao prontuário do paciente, dando preferência no atendimento e indicando os medicamos usados, por exemplo”, explica. Após a abertura os participantes assistiram palestras de profissionais que falarão sobre psicologia e fibromialgia; e ortopedia e fibromialgia. Também participaram do evento os vereadores João Padilha e Adélcio Coloda, servidores da saúde e comunidade fibromiálgica. 


 
Compartilhe:

Prefeitura Municipal de Bituruna 2019. Todos os Direitos Reservados.