Prefeitura de Bituruna lança aplicativo para que alunos “comprem” seu material escolar

27 de março de 2019Texto: Comunicação PMBSecretaria de Educação e Cultura

Educação financeira, empreendedorismo e inovação. Esses são os três pontos principais do projeto Empreende Bituruna – Material Escolar, que promove a compra do kit escolar para cerca de 1.500 alunos da rede municipal de ensino. A aquisição do material através da compra vem sendo desenvolvido pela Secretaria de Educação e Cultura, em parceria com o Sebrae, desde 2018 e substitui a entrega num pacote de presente. O projeto iniciou de forma analógica no ano passado e na noite desta terça-feira (26) a Prefeitura de Bituruna lançou o aplicativo “Poupe-up”, onde os estudantes vão poder comprar online seus itens.

A plataforma funcionará como banco virtual e e-commerce onde será depositada a moeda fictícia chamada de Bituruneca. A professora Giselle Cusin explica que os alunos vão conquistar suas moedas através da realização de atividades em sala de aula, frequência escolar, leitura e outras ações de acordo com a faixa etária. “Essa iniciativa busca promover nos alunos a noção de trabalho e recompensa, planejamento e disciplina financeira, cuidado com os bens adquiridos e mecanismos de troca”, conta a coordenadora do projeto. A plataforma está disponível para celulares Android e na versão web. Os alunos que não possuem acesso em casa podem utilizar o computador da escola para realizar a compra.

O prefeito de Bituruna, Claudinei de Paula Castilho, prestigiou o lançamento e destacou que esta é a forma de inserir a tecnologia na vida das crianças oferecendo conteúdo de qualidade. “Toda a equipe envolvida no projeto está de parabéns por desenvolver algo que é um sucesso, as primeiras crianças que tiveram acesso já gostaram muito, e que vai possibilitar que os pais acompanhem de casa a vida escolar de seus filhos”. O Poupe-up tem um espaço para que os professores coloquem observações sobre o desenvolvimento e participação do aluno. O aplicativo foi desenvolvido em 2018 na maratona de programação Hackathon Bituruna, com a participação de mais de 80 acadêmicos da área de tecnologia. O grupo vencedor realizou o treinamento dos professores e servidores que vão utilizar a plataforma.

A primeira aluna a comprar seu kit escolar foi Amanda Schultz, que estava muito ansiosa. “Estou encantada com esse projeto inovador, pois os alunos vão poder poupar e utilizar seu dinheiro da melhor forma e sei que as outras crianças não veem a hora de ver seu saldo”, disse a estudante da Escola Municipal Paulo Roberto Geyer. A concretização do projeto contou com o apoio do Sebrae através do Cidade Empreendedora e o representando do escritório regional de União da Vitória, Wilson Luis Petisco, acompanhou o lançamento e elogiou a iniciativa pioneira na região. “A educação financeira em Bituruna é o novo patamar. Foi um avanço fantástico o aplicativo que ensina e incentiva que eles empreendam desde crianças”.

Estão disponíveis itens básicos como cadernos, caneta, lápis, régua, borracha, massinha e tinta guache, e a novidade são as mochilas e estojos. Esses novos itens terão um valor mais alto e unidades limitadas, incentivando o aluno a acumular mais Biturunecas. Também participaram do evento as secretárias de Educação, Niucelene Isoton, Indústria e Comércio, Raquel Dalmas, Desenvolvimento Comunitário, Adriana Nhoatto, servidores da Educação, pais e alunos.


 
Compartilhe:

Prefeitura Municipal de Bituruna 2019. Todos os Direitos Reservados.