Projeto “Aqui preservamos uma árvore para cada paranaense” está sendo desenvolvido em Bituruna

05 de junho de 2018Texto: Comunicação PMBSecretaria de Agricultura e Meio Ambiente

Desde janeiro deste ano, a Prefeitura de Bituruna está desenvolvendo o projeto “Aqui preservamos uma árvore para cada paranaense”. A ação acontece em três Unidades de Conservação (UC) que somam 1.300 hectares, sendo um parque ambiental e duas estações ecológicas. O projeto contempla atividades relacionadas à conservação, proteção, pesquisa, lazer e educação ambiental, nos âmbitos sociais, culturais, recreativos e econômicos. O objetivo é tornar Bituruna referência estadual em sustentabilidade e preservação ambiental.

O projeto iniciou em 2017, com a compra dessas áreas pela administração municipal após a aprovação do poder legislativo. Com isso, as UCs se tornam áreas de preservação dos ecossistemas naturais, além de gerar um aumento R$ 2 mil/ano para R$ 2 milhões/ano em recursos vindos do ICMS ecológico. “Esse recurso será utilizado para o pagamento da área, não precisando utilizar verbas dos cofres municipais”, explica o prefeito de Bituruna, Claudinei de Paula Castilho.

A gestão das áreas é feita Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente e o diretor de Meio Ambiente, Fábio Tulio Lima Cró explica sobre as atividades desenvolvidas. “Nas três UC’s haverão pesquisas e ações de preservação, e no parque ambiental também será construído um local para educação ambiental e ecoturismo. Além disso, com a implantação das UC’s conseguimos acabar com a extração de madeira e outras intervenções humanas nessas áreas”, destaca. Em julho iniciam pesquisas acadêmicas através do convênio firmado com a UFPR que fará o levantamento completo da fauna e flora local, contando com o acompanhamento de cursos como Biologia, Engenharia Florestal, Agronomia e Veterinária.

Este levantamento levará cerca de um ano e a partir dele será elaborado um plano de manejo para os próximos cinco anos, contendo as atividades que serão desenvolvidas nas UC’s. “O objetivo é desenvolver ações que tenham retorno social e ambiental, como utilização das plantas medicinais locais, aumento da preservação da mata nativa e reestabelecimento do equilíbrio ambiental quando necessário”, exemplifica Fábio. O projeto “Parques Ambientais”, que contempla a criação das UC’s, recebeu em 2017 o Prêmio Gestor Público na categoria Gestão Ambiental.


 
Compartilhe:

Prefeitura Municipal de Bituruna 2018. Todos os Direitos Reservados.