Novo secretário de Saúde fala sobre mudanças e melhorias na Fundação Municipal de Saúde e nas Unidades Básicas

24 de maio de 2016Texto: Comunicação PMBSecretaria de Saúde e Saneamento

Desde o início do mês, a Secretaria de Saúde está sendo comandada por Eduardo Conrado. O novo secretário já atua na Fundação Municipal de Saúde há seis meses e passou por alguns departamentos, conhecendo o funcionamento da instituição. “Eu agradeço a confiança do prefeito Claudinei e estou comprometido em continuar executando o bom trabalho feito pela atual gestão. Já foram realizadas algumas mudanças, servidores voltaram a trabalhar onde já atuavam antes e outros assumiram novas funções, tudo pensando no melhor atendimento ao usuário do sistema de saúde”, esclarece Eduardo.

Alguns médicos deixaram o quadro de servidores do município, pois foram trabalhar em outras cidades e o atendimento nas unidades básicas de saúde passou por alterações. Em Santo Antônio do Iratim e no São Vicente, há um profissional todas as manhãs realizando consultas. Já na Vila Mariana, há atendimento somente no período da tarde. Nas unidades do Centro e do São João, o médico atende as consultas agendadas. “Estamos procurando novos médicos e em breve a situação será normalizada”, explica o secretário. No Hospital São Vicente de Paula também são realizadas consultas. “Contamos com o auxílio do diretor clínico do hospital, Dr. Pimenta. Com autonomia ele trabalha para melhorar os procedimentos técnicos e consequentemente agilizar os atendimentos”.

Eduardo ainda destaca que o PAI (Programa de Atendimento ao Idoso), implantado no final de 2015, além de dar mais conforto aos pacientes, auxilia na diminuição das filas de espera. O programa conta com um médico e um enfermeiro que vão até a casa de pessoas dificuldade de locomoção ou acamados. “O PAI conta com uma caminhonete e no próximo mês chega um trailer consultório. Já estamos atendendo as comunidades Crisciume, Reponte, Agudo, Augusto Loureiro e 12 de abril e iremos ampliar até o final do ano para o Saltinho e Rondom 3”.

Outra ação realizada pensando na agilidade do atendimento no sistema de saúde é o atendimento de especialistas. Apesar deste serviço ser um dever do Estado, o município também está o fornecendo à população. A Fundação Municipal de Saúde conta hoje com um ortopedista, cirurgião, pediatra e ginecologista. “Todas as ações desenvolvidas pela saúde hoje geram um custo muito alto para o município devido a formação dos servidores, a maioria possui nível técnico ou superior e a arrecadação do município caiu muito por causa da difícil situação financeira que o país enfrenta. Porém, não vamos cortar nenhum serviço e ninguém será prejudicado”, completa o secretário Eduardo Conrado.


 
Compartilhe:

Prefeitura Municipal de Bituruna 2018. Todos os Direitos Reservados.