Atuação da Rede de Atenção e Proteção às Violências inicia em Bituruna

22 de outubro de 2015Texto: Comunicação PMBSecretaria de Saúde e Saneamento

Encerrou, nesta quarta-feira (21), as capacitações voltadas para os profissionais que vão atuar na Rede de Atenção e Proteção às Violências do Município de Bituruna. O último encontro, que aconteceu no anfiteatro Romilde Vanzin, reuniu 90 pessoas que fazem parte de órgãos públicos e da sociedade civil organizada. Agora, os profissionais começam a atuar na rede, identificando e acompanhando os casos de violência, agindo forma preventiva e punitiva, além de promover uma cultura de paz.

Desde maio, enfermeiros, nutricionistas, médicos, assistentes sociais, psicólogos, professores, entre outros trabalhadores, receberam formação sobre violência contra a criança e o adolescente, o idoso, homens e mulheres, e praticadas nos ambientes domiciliar, escolar, de trabalho e no trânsito. O prefeito Claudinei de Paula Castilho esteve presente no encontro e apontou os benefícios que a ação trará para a comunidade. “Com a rede, passamos a ter mais uma forte aliada na disseminação da cultura de paz. Além disso, com ela, vamos oferecer aos biturunenses um acompanhamento de qualidade na assistência das vítimas, auxiliando na quebra do ciclo da violência”, ressalta.

A primeira reunião da rede vai acontecer no dia 26 de novembro, onde será assinado o decreto formalizando sua criação. Nos encontros, que serão compostos por representantes de 20 entidades, vão ser debatidos sobre casos de violência identificados no município e qual o melhor direcionado dado a eles, com ética e responsabilidade. No encerramento também estiveram presentes o vice-prefeito, Rodrigo Marcante, os secretários de Saúde, Cleunir José Sonáli, e de Educação, Gerson Lanzarini, o juiz da vara da família da comarca de União da Vitória, Carlos Eduardo Matiolli e a representante da 6ª Regional de Saúde, Adriana Moreira de Castilho.


 
Compartilhe:

Prefeitura Municipal de Bituruna 2018. Todos os Direitos Reservados.