Avaliação da Prevalência de Hipovitaminose a e Anemia em crianças menores de cinco anos na Região Sul do Brasil

19 de março de 2015Texto: Imprensa Prefeitura Municipal de BiturunaSecretaria de Saúde e Saneamento

A cidade de Bituruna está entre as 16 cidades Paranaenses sorteadas para participar da “Avaliação da prevalência de Hipovitaminose A e Anemia em crianças menores de cinco anos na Região Sul do Brasil”. Para tanto, uma equipe formada por Nutricionistas do Centro de Pesquisa vinculado à Universidade Federal do Paraná (UFPR), esteve no município coletando dados antropométricos (peso e altura) e aplicando um questionário socioeconômico e alimentar de 35 crianças. Estiveram presentes realizando esta pesquisa as nutricionistas Cristina Sokoloski, Débora Frizzi e a Professora Sandra Crispim. A coleta de sangue, necessária para determinar a deficiência desses nutrientes, ficou a cargo do Município.

A avaliação compõe a pesquisa realizada pelo Ministério da Saúde em parceria com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e tem o objetivo de identificar a prevalência das deficiências de vitamina A (hipovitaminose A) e de ferro (anemia) em crianças com idade de 12-59 meses de um total de 48 municípios distribuídos igualitariamente entre os estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Para serem selecionados para a pesquisa, os municípios deveriam estar contemplados no Plano “Brasil Sem Miséria” e com cobertura nula do Programa Nacional de Suplementação de Vitamina A no primeiro semestre de 2014.

As deficiências de vitamina A e de ferro são preocupações constantes na saúde pública, por estarem associadas a maior incidência de infecções e comprometimento do crescimento e desenvolvimento infantil. Orienta-se o consumo de carnes em geral, leite e derivados, ovos, vegetais verdes escuros e amarelo-alaranjados para prevenção de tais deficiências.


 
Compartilhe:

Prefeitura Municipal de Bituruna 2018. Todos os Direitos Reservados.